Produzir conteúdo direta e especialmente para quem consome é requisito base para otimizar o alcance de seu negócio. Contudo, ele não suficiente se seu marketing é digital. Nas plataformas digitais é preciso conquistar espaço e visibilidade entre os buscadores, daí nasce a importância de conhecer o SEO.

Conheça e aprenda como criar conteúdo para marketing nas plataformas digitais de maneira mais efetiva, garantindo a si e a sua empresa um local privilegiado nos sites de pesquisa.

Marketing na era da internet e SEO

Na atualidade, a internet é o segundo meio de comunicação mais utilizado no Brasil, perdendo apenas para televisão no quesito de preferência para obter informações entre os cidadãos. Por isso, o marketing digital tem se tornado essencial para qualquer empreendimento, ainda que se mantenha uma versão física.

Conceitua-se marketing digital como a forma de promoção de marcas, serviços ou produtos nas mídias digitais, como os blogs e as redes sociais. Trata-se de um modo moderno, rentável e efetivo de atingir o maior número de buyer personas possível.

Ao optar por apresentar seu conteúdo na internet, entretanto, o empresário deve observar outro aspecto no momento de produzi-lo: assegurar que ele terá visibilidade nos sites de busca. Como? Estruturando seus textos de modo compatível com a técnica SEO.

SEO: ranqueando conteúdo nos mecanismos de busca

SEO ou Search Engine Optimization são técnicas de estruturação de conteúdo com finalidade de aumentar o tráfego nos seus perfis e sites. Elas são construídas a partir da compreensão de como funciona o algoritmo dos maiores mecanismos de busca atuais, a exemplo da Google e do Bing, e da aplicação desses indicadores à forma de sua empresa produzir.

Quando se fala em “entender como funciona o algoritmo” se refere à intenção dos buscadores. Trata-se de questionar o que é levado em conta para que um site esteja na primeira página de pesquisas.

Na maioria dos search engines isso é feito por uma análise da psicologia do cliente ao procurar algo na internet. Qual a intenção do indivíduo ao procurar aquela palavra na barra de pesquisas?

Por exemplo, ao procurar a idade de algum ator famoso na Google utilizando as palavras “idade de (insira nome da celebridade aqui)”, o site responde para o leitor de forma imediata, sem que ele precise necessariamente clicar em algum link.

Entenda como funciona a Google

É inegável que a Google é uma das maiores empresas do ramo de difusão de informação do mundo. Por essa razão, quem trabalha ou pretende trabalhar com o marketing digital deve saber como funciona seu mecanismo de busca e aplicar as técnicas de SEO em conformidade com ele a fim de ranquear seu conteúdo melhor.

A Google trabalha com dois grandes grupos de pesquisa: os resultados pagos e os resultados orgânicos. Os primeiros são sinalizados como anúncios e aparecem no topo da aba de pesquisa sempre. São feitos em parceria com a ferramenta do Google Adwords.

Os segundos são gratuitos e selecionados pelos dispositivos do próprio Google (Googlebots), levando em conta a relevância, a autoridade e a qualidade do conteúdo. Esses robôs rastreiam todos os links relacionados ao tema procurado lendo o texto e os seus códigos para descobrir quais tem o melhor nível desses elementos.

As técnicas SEO, portanto, são utilizadas em cima do que os Googlebots conseguem compreender como pertinente e bem feito, adaptando essas percepções para o texto online.

Técnicas básicas de SEO

Em se tratando de Search Engine Optimization para marketing digital, existem alguns procedimentos básicos que podem te auxiliar a ranquear melhor seu conteúdo nos buscadores. São elas:

  • Coloque texto alternativo às imagens. Os rastreadores dos mecanismos de pesquisas não conseguem ler fotos, razão pela qual na sua leitura os espaços ocupados por elas saem como vazios. Utilizar textos alternativos permite que o robô reconheça do que se trata a imagem.
  • Tamanho do conteúdo. Segundo pesquisa, textos com, em média, 2.500 palavras são os mais consumidos pelo público, mas, como bem recordam os especialistas da Rock Content, isso dependerá do tipo de buyer persona que se busca atingir.
  • Utilização de palavras-chave para o tipo de produto divulgado. É essencial que o termo núcleo do seu conteúdo esteja presente no seu primeiro heading e no seu primeiro parágrafo, aparecendo ao longo do seu texto com parcimônia.
  • Linkagem interna. A utilização de referências internas – ou seja, citação de conteúdo próprio em outro texto de sua autoria – mostram aos bots que tipo de produto está se veiculando e ajudam a avaliar se os usuários estão satisfeitos com ele.
  • Link building. Enquanto a linkagem interna é uma espécie de auto recomendação, o link building é a recomendação externa, de outros empreendedores, ao seu conteúdo. Demonstra o renome e a confiança de seu produto aos rastreadores.
  • Conexão às redes sociais. Uma forma de ganhar autoridade nesse ramo é estar conectado às diferentes redes sociais e assegurar sua popularidade entre os possíveis consumidores do seu conteúdo.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *